Veja como cuidar corretamente dos travesseiros

Se a gente parar para fazer as contas, aquele que tem a sorte de tirar as 8 horas diárias de sono passará, provavelmente, cerca de um terço da vida na companhia de travesseiros – e se eles não forem bem cuidados podem representar um risco para a saúde dessas pessoas.

Boa parte dos travesseiros é feita de espumas, e esse material, com o tempo, vai acumulando ácaros e fungos. Para se ter ideia, depois de dois anos de uso cerca de 25% do peso do travesseiro passa a ser composto por, organismos e detritos de pele. Fechar os olhos para essas informações pode, simplesmente, acabar provocando problemas como conjuntivite, eczema, espirros, coceiras e até asmas.

Para evitar complicações, deve-se trocar os travesseiros a cada 2 anos e o ideal é que se dê preferência aos que tenham proteção antimicrobiana. Há outras medidas como evitar deitar sobre eles com os cabelos úmidos ou molhados, além de evitar lavá-los ou expô-los ao sol, pois o aquecimento favorece a proliferação dos ácaros e bactérias. Além de mantê-los sempre arejados e cobertos com fronhas limpas.

Para o bem-estar ser completo, é preciso saúde. Gostou de mais essa dica da Artemp? Continue nos acompanhando.

COMENTE!

Travessa Francisco P. Coutinho s/n - Boca do Rio, Salvador -Ba

(71) 2107-1300/ (71) 3271-2515 | artemp@artemp.com.br | Show room: (71) 3345-4400

Design e desenvolvimento: CDLJ Publicidade