Veja como o calor também pode afetar o seu pet

Assim como os seres humanos, os animais também sofrem com as complicações causadas pelo calor. A hipertermia, ou intermação, é a elevação da temperatura corporal do animal, o que vem a interferir nas funções celulares do bicho, podendo provocar perda de consciência, convulsões, parada cardíaca entre outras complicações.

Comum em épocas quentes, a hipertermia por insolação atinge muitos animais. O calor, combinado a elementos como a falta de água e a precária circulação de ar no local, coopera para o aparecimento dos sintomas da hipertermia. Por terem dificuldade de se refrescar, gatos e cães de focinho achatados, além daqueles mais peludos, merecem cuidado dobrado.

Conhecendo essas informações, é importante evitar deixar o pet preso em locais com essas características. Durante esses períodos de temperaturas mais elevadas é bom ficar atento ao seu bichinho. E, caso note algum tipo de alteração, procure a ajuda de um veterinário.

O que pode ajudar nessas horas é, além desses cuidados, contar com o auxilio de um aparelho de ar condicionado. E, para os melhores conselhos a respeito desses aparelhos, você já sabe em quem pode confiar.

COMENTE!

Travessa Francisco P. Coutinho s/n - Boca do Rio, Salvador -Ba

(71) 2107-1300/ (71) 3271-2515 | artemp@artemp.com.br | Show room: (71) 3345-4400

Design e desenvolvimento: CDLJ Publicidade