Temperaturas elevadas prejudicam a saúde dos idosos

Os idosos estão entre aqueles que mais sofrem com as altas temperaturas. Por isso, nos períodos mais quentes, precisam ser cautelosos. A reação ao calor varia de indivíduo para indivíduo. E, devido ao processo de envelhecimento, a população de idosos pode ter menor capacidade de adaptação à temperaturas mais altas. Por conta disso, necessitam de mais atenção, a fim de evitar problemas como insolação e a desidratação.

O envelhecimento acaba provocando alterações no organismo, como exemplos, temos a redução da capacidade de eliminar calor do corpo, assim como na sensação de sede. As complicações derivadas do calor podem ser identificadas através de sinais como desidratação dos lábios, diminuição da quantidade de urina, dores de cabeça e mal-estar.

Ao perceber indícios de complicações, é recomendável levar a pessoa para um local arejado ( ambientes com ar condicionado de preferência), remover roupas apertadas e desconfortáveis, oferecer água e levá-la imediatamente para um médico.

COMENTE!

Travessa Francisco P. Coutinho s/n - Boca do Rio, Salvador -Ba

(71) 2107-1300/ (71) 3271-2515 | artemp@artemp.com.br | Show room: (71) 3345-4400

Design e desenvolvimento: CDLJ Publicidade